Anuncio top


Anuncio top


Qualidade de vida

Tudo o que você precisa saber sobre salto alto

Sinônimo de status e beleza, o sapato de salto alto atravessa séculos como um ícone de moda. Para muitas mulheres, é um acessório indispensável na hora de compor um look, inclusive para ir trabalhar.

Elegante e sofisticado, em algumas empresas é item obrigatório do dress code. Vale alertar que o uso diário de saltos muito alto, ao longo do tempo, pode gerar problemas de saúde.

Todas as articulações utilizadas para manter a posição ereta, como coluna, quadris, joelhos, tornozelos e pés, tendem a sofrer alterações, lesões e até deformações. Sapatos inadequados formam calos, favorecem o surgimento de joanetes, lordose e sobrecarregam os joelhos.

A inflamação do tendão de Aquiles, conhecido também como tendinite de Aquiles, é outro exemplo de problema que pode aparecer com o tempo. A sobrecarga desta região e atividades repetitivas são combinações perfeitas para dores constantes e inchaço. Pode ser necessário tratamento médico com uso de medicamentos e, em alguns casos, repouso total das atividades.

Além de complicações na saúde, o uso de salto alto pode ser um facilitador para que acidentes ocorram no ambiente de trabalho. Diante da agitação do dia a dia, não podemos descartar que existem riscos de quedas, torções e, se houver escadas, no ambiente os fatores de acidentes podem aumentar.

Nesses casos, o poderoso calçado deixa de ser assunto de estilo e vira pauta de Segurança e Saúde no Trabalho. Mas calma, não é preciso descer do salto. Especialistas apontam que, dentro de limites de altura, esse tipo de sapato pode ser benéfico. Possuindo até 5 centímetros, o salto é considerado seguro e ajuda a absorver o impacto das caminhadas.

Cabe a empresa também realizar campanhas de conscientização, alertando seu quadro de colaboradores sobre as formas de minimizar doenças ocupacionais e manter sinalizado, quando houver, possíveis áreas de risco. Prevenção sempre será a principal aliada para evitar acidentes.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *