Anuncio top


Anuncio top


Sem categoria

NR 26 – A importância da sinalização em nossas vidas

Você já imaginou como seria trabalhar em um ambiente onde não houvesse uma comunicação visual adequada, que indica sobre possíveis riscos de acidentes?

A sinalização de segurança dentro de empresas, independente do ramo de atividade, é um importante aliado quando o assunto é prevenção de acidentes.

Essa comunicação se faz necessária também em comércios ao garantir a integridade física dos funcionários e clientes.

Vale lembrar que sua inclusão nos locais adequados atende às exigências estabelecidas pelo Governo para que seja concedido o alvará de funcionamento do estabelecimento.

Por meio de cores, símbolos, inscrições, luzes e até mesmo som, as sinalizações precisam chamar a atenção de todos que circulam em área onde os mais variados tipos de acidentes podem acontecer.

Norma Regulamentadora 26

A Norma Regulamentadora de número 26 é a responsável pela padronização das cores empregadas em cada identificação.

Essas cores de segurança indicam e advertem sobre os riscos existentes no ambiente de trabalho, nos equipamentos de segurança, e indicam delimitação de áreas e tubulações.

A Norma determina também que o seu uso precisa ser o mais reduzido possível para não causar distração, confusão e fadiga ao trabalhador.

Vale ressaltar que a sua utilização não dispensa o emprego de outras formas de prevenção de acidentes.

Classificações

As sinalizações precisam chamar a atenção e transmitir informação rápida e objetiva, passando a orientação que deve ser obedecida.

Toda sinalização precisa estar limpa e em prefeito estado de conservação. Caso necessite de algum reparo, deve ser providenciado imediatamente.

As sinalizações de segurança são classificadas nas seguintes cores:

– Vermelho: usado para identificar hidrantes, extintores, caixas de alarmes, portas de emergência e outros recursos de combate a incêndios;

– Amarelo: alerta sobre o cuidado que precisa ter naquele local, sinalizando que a área apresenta situações de risco. Um exemplo bastante comum é quando há um piso molhado, a região precisa ser sinalizada com triângulos em amarelo com o alerta de risco de acidente;

– Branco: usado em faixas para indicar passarelas, sentido de circulação, indicação de áreas de segurança, entre outros;

– Preto: essa cor é usada em substituição da cor branca ou em alguns casos são aplicadas juntas. É empregada também na identificação de alguns tipos de combustíveis;

– Laranja: seu uso sinaliza ameaças. É empregada em dispositivos de corte como serras, prensas, entre outros;

– Verde: essa cor é aplicada para representar segurança. Seu uso indica caixas com os EPIs ou primeiros socorros, como macas ou atendimento de emergência no local;

– Roxo: empregado para sinalizar riscos de radiações eletromagnéticas e partículas nucleares.

É importante a visita de um especialista na empresa para que seja feita uma análise detalhada que identifique todos os pontos e locais que necessitem de sinalização e quais os tipos mais adequados.

A Safe conta com uma equipe altamente qualificada de técnicos e engenheiros do trabalho que podem ajudar a sua empresa a ficar em dia com todas as exigências da NR 26. Entre em contato agora mesmo e solicite um orçamento personalizado para sua empresa.

 

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *