Anuncio top


Anuncio top


Destaque

Ascensão feminina na Saúde e Segurança do Trabalho

No dia internacional da mulher, comemorado em 8 de março, não poderíamos deixar de destacar a ascensão feminina no mercado de trabalho. Hoje, podemos observar cada vez mais mulheres ocupando cargos que antes eram dominados por homens, principalmente na área de engenharia.

Diante dessa nova realidade, é necessário pensar sobre as condições de trabalho de homens e mulheres. Um relatório da Agência Europeia para a Segurança e a Saúde no Trabalho aborda o impacto que a diferença de gênero tem sobre a saúde no ambiente de trabalho. As mulheres estão expostas a riscos que não atingem os homens, e as legislações vigentes não contemplam essa realidade. Nesse artigo, vamos entender sobre as diferenças de gênero nos riscos do ambiente de trabalho.

Dimensão de gênero

Mesmo com toda a evolução no mercado de trabalho, a segregação de gênero ainda é muito presente. Isso se reflete no ambiente no qual eles se encontram, assim como as exigências e as pressões colocadas sobre os trabalhadores. Mesmo que o cargo seja o mesmo, as funções desempenhadas podem ser muito distintas entre homens e mulheres. Tudo somado ainda à diferença na remuneração e pouca presença feminina em posições de liderança.

Quando falamos em ambiente de trabalho seguro, normalmente pensamos em casos de acidentes graves em construção civil, mineradoras e indústrias pesadas. Estes locais são caracterizados pela presença de grupos de trabalhadores masculinos. Por isso, as poucas mulheres presentes acabam sendo negligenciadas, entrando em uma definição universal de saúde e segurança.

As normas vigentes sobre o assunto falham em abordar em detalhes os riscos inerentes às funções, normalmente, relacionadas às mulheres, como serviços de saúde, estético, educação e trabalho doméstico. Ou até mesmo da presença da dupla jornada de trabalho, onde elas precisam exercer funções domésticas e cuidados com os filhos.

Riscos no ambiente de trabalho

A falta de políticas específicas para a saúde e segurança das mulheres no ambiente de trabalho causam efeitos expressivos e, muitas vezes, negligenciados. Dentre os riscos e consequências aos quais as mulheres estão mais expostas que os homens são:

  • Estresse;
  • Distúrbios nos membros superiores;
  • Violência do público;
  • Equipamento de Trabalho e Proteção inadequado;
  • Doenças de pele;
  • Asmas e alergias.

As trabalhadoras estão suscetíveis à equipamentos inadequados, que não foram construídos pensando no biótipo feminino, impedindo que sejam aplicadas as devidas normas de ergonomia. Elas ainda estão mais suscetíveis à assédios, discriminação e baixa valorização de seu trabalho, gerando quadros de estresse e ansiedade.

Devemos considerar ainda as atividades onde há predominância de grupos femininos, como trabalhos domésticos e de estética, que envolvem contato com produtos químicos nocivos.

Diversidade e políticas sociais

Diante desse cenário, ficou claro que é preciso repensar as relações de trabalho considerando a diversidade que existe neste ambiente, desconstruindo estereótipos que reforçam segregações e preconceitos. São paradigmas há muito enraizados no sistema trabalhista que já não refletem as mudanças do mercado.

Diversos estudos já estão sendo feitos para propor adequação da legislação às trabalhadoras, para que elas possam ser protegidas e amparadas legalmente. Alcançar a igualdade entre os gêneros no mercado de trabalho depende de mudanças estruturais profundas, mas alterações como estas nas leis já representam um passo significativo em direção a isso.

Incentivo à diversidade

Um ambiente de trabalho diverso e plural é mais saudável e produtivo. Para cria-lo são necessários esforços contínuos e participação de todos os trabalhadores nas tomadas de decisão. Essa é uma iniciativa de saúde pública e está ligada à discriminação do trabalho e na sociedade.

As mulheres estão cada vez mais presentes nas diversas áreas do mercado de trabalho, que deve evoluir constantemente para garantir um ambiente inclusivo e seguro.

 

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *