Cursos e Treinamentos

Dotada da plataforma mais completa, segura e moderna de treinamentos e cursos EAD de segurança do trabalho, meio ambiente, medicina do trabalho e qualidade, a Safe capacita os trabalhadores de sua empresa comprovando sua participação com reconhecimento facial, aplicação de prova e certificação com selo de segurança antifraude, desenvolvido por uma consultoria especializada em identificar e criar melhorias no processo e prevenção de Fraude.

Todos os nossos cursos e treinamentos podem ser ministrados no formato EAD ou presencial.

RESPONSABILIDADES

A capacitação em SST é uma obrigação trabalhista oferecida aos empregados por conta dos riscos a que estão expostos em suas atividades.

É de inteira responsabilidade do empregador garantir sua efetiva implementação, sujeitando-se às sanções administrativas cabíveis, em caso de uma capacitação não efetiva, ou de má qualidade, que não atenda aos requisitos da legislação.

É indispensável observar que se opte pela realização de capacitação em SST por meio de EAD ou semipresencial,  conforme a realidade de cada estabelecimento. Vale ressaltar que o trabalhador é capacitado pelo empregador para atuar em espaço específico, logo o treinamento não pode ser genérico. Deve-se considerar as peculiaridades da atividade econômica.

Resumo:

Estabelece a obrigatoriedade de empresas públicas e privadas organizarem e manterem em funcionamento, por estabelecimento, uma comissão constituída exclusivamente por empregados, com o objetivo de prevenir acidentes do trabalho e doenças ocupacionais, com apresentação de sugestões e recomendações de melhorias das condições de trabalho ao empregador.

Serviços:

 Treinamento e implantação de CIPA.

Validade:

Anual.

Observações:

O dimensionamento da CIPA depende do CNAE e do número de empregados da empresa. A CIPA é obrigatória para todas as corporações. Quando não for necessário implantar a CIPA (eleição, registro e treinamento) conforme quadro I da NR-5, se faz necessário efetuar treinamentos para os membros da CIPA (titulares e suplentes), ou designar um colaborador , item 5.6.4

Resumo:

Estabelece a obrigatoriedade de empresas públicas e privadas organizarem e manterem em funcionamento, por estabelecimento, uma comissão constituída exclusivamente por empregados, com o objetivo de prevenir acidentes do trabalho e doenças ocupacionais, com apresentação de sugestões e recomendações de melhorias das condições de trabalho ao empregador.

Serviços:

 Treinamento e implantação de CIPA.

Validade:

Anual.

Observações:

O dimensionamento da CIPA depende do CNAE e do número de empregados da empresa. A CIPA é obrigatória para todas as corporações. Quando não for necessário implantar a CIPA (eleição, registro e treinamento) conforme quadro I da NR-5, se faz necessário efetuar treinamentos para os membros da CIPA (titulares e suplentes), ou designar um colaborador, item 5.6.4

Resumo:

Estabelece e define os tipos de EPI’s  que as empresas estão obrigadas a fornecerem a seus empregados, sempre que as condições de trabalho o exigirem, a fim de resguardar a saúde e a integridade física dos trabalhadores.

Serviços:

  • Treinamento da necessidade e uso correto dos EPI´s.
  • Indicação de EPI´s apropriados para a execução das tarefas.

Validade:

Não tem validade específica.

Resumo:

O principal objetivo dos primeiros socorros é realizar o atendimento inicial de emergência, que pode preparar aquele que for socorrido para um atendimento especializado.

Serviços:

Avaliação inicial:

Avaliação do cenário e do mecanismo de lesão, levantamento do número de vítimas e dos riscos iminentes, e realização de exame físico.

 

Validade:

Anual

Resumo:

Estabelece as condições mínimas exigíveis para garantir a segurança dos empregados que trabalham em instalações elétricas, em suas diversas etapas, incluindo elaboração de projetos, execução, operação, manutenção, reforma e ampliação, assim como a segurança de usuários e de terceiros, em quaisquer das fases de geração, transmissão, distribuição e consumo de energia elétrica, observando-se as normas técnicas oficiais vigentes e, na falta dessas, as normas técnicas internacionais.

Serviços:

  • Treinamento para eletricista.
  • Laudo elétrico.
  • Laudo de para-raios.
  • Diagrama unifilar.

Validade aproximada do treinamento:

1 a 3 anos.

Validade dos laudos:

Sem validade específica. Deve ser readequado sempre que houver modificações.

Observações:

Curso básico de segurança em instalações e serviços com eletricidade: 40 horas.

Curso complementar de segurança no sistema elétrico de potência (SEP) e em suas proximidades.

É pré-requisito para frequentar este curso complementar, ter participado, com aproveitamento satisfatório, do curso básico definido anteriormente: 40h.

Treinamento de reciclagem bienal, sempre que ocorrer alguma das situações a seguir:

a) Troca de função ou mudança de empresa.

b) Retorno de afastamento ao trabalho ou inatividade, por período superior a três meses.

c) Modificações significativas nas instalações elétricas, ou troca de métodos, processos e organização do trabalho.

d) Aquisição de novos equipamentos (máquinas). A carga horária (com previsão de 40h) e o conteúdo programático dos treinamentos de reciclagem devem atender às necessidades da situação que o motivou. O colaborador deverá frequentar o curso que o qualificará e o habilitará.

Resumo:

Estabelece os requisitos de segurança a serem observados nos locais de trabalho, no que se refere ao transporte, à movimentação, à armazenagem e ao manuseio de materiais, tanto de forma mecânica quanto manual, objetivando a prevenção de infortúnios laborais.

Serviços:

 Treinamento de operador de empilhadeira e ponte rolante (Básico ou Reciclagem).

Validade:

Anual.

Observações:

Nos equipamentos de transporte com força motriz própria, o operador deverá receber treinamento específico, dado pela empresa que o habilitará nessa função. Os operadores de equipamentos de transporte motorizado deverão ser habilitados e só poderão dirigir se durante o horário de trabalho  portarem um cartão de identificação, com nome e fotografia, em lugar visível.

Resumo:

Estabelece todos os requisitos técnico-legais relativos à instalação, operação e manutenção de caldeiras e vasos de pressão, de modo a se prevenir a ocorrência de acidentes do trabalho.

Serviços:

  • Treinamento de Segurança na Operação de Caldeiras e / ou Vaso de Pressão.
  • Inspeção de segurança e emissão de relatórios.

Validade:

De 1 a 3 anos.

Observações:

Todo operador de caldeira deve fazer um estágio prático de operação em seu próprio equipamento, devendo ser documentado e supervisionado. A duração mínima varia de acordo com as categorias abaixo:

a) Caldeiras da categoria A: 80 (oitenta) horas.

b) Caldeiras da categoria B: 60 (sessenta) horas.

c) Caldeiras da categoria C: 40 (quarenta) horas.

A inspeção de segurança periódica, constituída por exames interno e externo, deve ser executada de acordo com os prazos estabelecidos na Norma.

Resumo:

Visa estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às condições psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.

Serviços:

  • Análise ergonômica do trabalho (AET).
  • Treinamento para formação de comitê de ergonomia (COERGO).
  • Laudo de acessibilidade, gestão da inclusão e aproximação das pessoas com deficiência.
  • Treinamento interno de conscientização sobre inclusão de pessoas com deficiência.

Validade:

Sem validade específica. Pode ser preciso adequação.

Serviço:

 Treinamento sobre prevenção e fatores de risco para a saúde, decorrentes da modalidade de trabalho do operador de checkout, levando em consideração os seguintes aspectos:

a) Posto de trabalho.

b) Manipulação de mercadorias.

c) Organização.

d) Aspectos psicossociais.

e) Riscos na execução do serviço.

Validade:

Anual

SERVIÇO:

Curso de acordo com anexo II da NR20 para trabalhadores que laboram em instalações classes I, II ou III e que adentram na área ou local de extração, produção, armazenamento, transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e de líquidos combustíveis, não tendo contato direto com o processo ou processamento.

Validade:     

Anual

Carga horária:       

Admissional – 8h.

Reciclagem – 4h.

SERVIÇO:

Curso para trabalhadores que laboram em instalações classes I, II ou III e que adentram na área ou local de extração, produção, armazenamento,  transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e de líquidos  combustíveis, mantendo contato direto com o processo ou  processamento, realizando atividades específicas, pontuais e de curta  duração .

VALIDADE:

Trienal

Carga horária:       

Admissional – 16h. 

Reciclagem – 4h.

SERVIÇO:

Curso para trabalhadores que laboram em instalações  classes I, II ou III, conforme itens 20.11.5 e 20.11.6 da NR-20.

Validade:     

Bienal

Carga horária:       

Admissional – 24h.

Reciclagem – 4h.

SERVIÇO:

Curso para trabalhadores que laboram em instalações classe II,  adentram na área ou local de extração, produção, armazenamento,  transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e de líquidos  combustíveis, que   mantêm contato direto com o processo ou  processamento, realizando atividades de operação e de atendimento nas  emergências.

Validade:     

Anual

Carga horária:       

Admissional – 32h.

Reciclagem – 4h.

SERVIÇO

Curso para trabalhadores que laboram em instalações classe III,  adentram na área ou local de extração, produção, armazenamento,  transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e de líquidos  combustíveis, que   mantêm contato direto com o processo ou  processamento, realizando atividades de operação e de atendimento nas  emergências.

Validade:     

Anual

Carga horária:       

Admissional – 16h.

Reciclagem – 4h.

SERVIÇO:

Curso para trabalhadores que laboram em instalações classes II e  III, adentram na área ou local de extração, produção,  armazenamento, transferência, manuseio e manipulação de  inflamáveis e líquidos combustíveis, que  mantêm contato direto com o  processo ou processamento.

Validade:     

De acordo com visita realizada na planta.

Resumo:

Estabelece as medidas de proteção contra incêndios em locais de trabalho, visando a integridade física dos trabalhadores.

Serviços:

  • Treinamento teórico ou prático de combate a incêndio.
  • Formação de brigadas.
  • Vistoria técnica dos sistemas de proteção contra incêndio.

Validade:

Sugerido anual.

Resumo:

Estabelece os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados e o reconhecimento, avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes, para garantir a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nesses espaços. Espaço confinado é qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possua meios limitados de entrada e de saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes, ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio.

Serviços:

  • Treinamento para trabalho em espaço confinado.

Validade:

1 ou 2 anos.

Observações:

Todos os trabalhadores autorizados e vigias devem receber capacitação  a cada doze meses, com duração de dezesseis horas, sendo realizada dentro do horário de trabalho, com o seguinte conteúdo programático:

a) Definições.

b) Reconhecimento, avaliação e controle de riscos.

c) Funcionamento de equipamentos utilizados.

d) Procedimentos e utilização da Permissão de Entrada e Trabalho.

e) Noções de resgate e primeiros socorros.

Todos os Supervisores de Entrada devem receber capacitação específica, com carga horária mínima de quarenta horas, realizada dentro do horário de trabalho, com o conteúdo programático acima, acrescido dos tópicos abaixo:

a) Identificação dos espaços confinados.

b) Critérios de indicação e uso de equipamentos para controle de riscos.

c) Conhecimentos sobre práticas seguras em espaços confinados.

d) Legislação de segurança e saúde no trabalho.

e) Programa de proteção respiratória.

f) Área classificada.

g) Operações de salvamento.

Resumo:

Estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente na atividade.

Serviços:

  • Treinamento para trabalho em altura.

Observações:

Considera-se capacitado para realizar esse trabalho quem for submetido e aprovado em treinamento teórico e prático, com carga horária mínima de oito horas, cujo conteúdo programático deve, no mínimo, incluir:

a) Normas e regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura.

b) Análise de risco e condições impeditivas.

c) Riscos potenciais inerentes ao trabalho em altura e medidas de prevenção e controle.

d) Equipamentos de Proteção Individual para trabalho em altura: seleção, inspeção, conservação e limitação de uso.

e) Acidentes típicos em trabalhos em altura.

f) Condutas em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros. O empregador deve realizar treinamento periódico bienal e sempre que ocorrer quaisquer das seguintes situações:

a) mudança nos procedimentos, condições ou operações de trabalho;

b) evento que indique a necessidade de novo treinamento;

c) retorno de afastamento ao trabalho por período superior a noventa dias;

d) mudança de empresa.